Xaro só depois da Copa

 

Xaro foi punido em quatro jogos
Xaro foi punido em quatro jogos

 

O lateral esquerdo Xaro (Everton Cordova Correa) que foi expulso de campo no jogo contra o Paysandu, foi julgado na tarde de ontem (15/05) pela Terceira Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Xaro foi punido com quatro partidas de suspenção. O atleta do Águia teve a mesma punição do jogador do Paysandu Pablo (Pablo Renan dos Santos). Ambos se envolveram, em uma confusão depois do término da partida de estreia do Campeonato Brasileiro da Série C, que aconteceu no dia 26 de abril. Os dois atletas estavam incursos no Art. 254 inciso I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Diz o artigo:

“Art. 254 – A. Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente.

(Incluído pela

Resolução CNE nº 29 de 2009).

PENA: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por

atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão

pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural

submetida a este Código. (Incluído pela Resolução CNE nº 29 de 2009)”.

RESULTADO: “Por unanimidade de votos, absolver o Águia de Marabá FC,

quanto à imputação ao Art. 191 III do CBJD c/c Art. 72 do RGC; suspender

por 04 partidas, Everton Cordova Correa, atleta do Águia de Marabá FC, por

infração ao Art. 254-A inciso I do CBJD; suspender por 04 partidas, Pablo

Renan dos Santos, atleta do Paysandu SC, por infração ao Art. 254-A inciso II

do CBJD.” Pedido de lavratura de acórdão pela Douta Procuradoria.

Funcionou na defesa do Águia de Marabá FC, Osvaldo Sestário, que juntou

prova documental.

Funcionou na defesa do Paysandu SC, Dr. Barbara Petrucci.

Xaro já cumpriu uma partida (contra o Salgueiro), falta cumprir mais três, só voltará a jogar oficialmente depois da Copa do Mundo na partida contra o CRB. “Infelizmente aconteceu essa punição, esperamos que nunca mais passe por isso. É muito ruim ficar fora, agora vou me dedicar aos treinamentos e voltar bem”. Falou o lateral. O Águia de Marabá Futebol Clube também foi Julgado e absolvido pela mesma Comissão.