Águia cede empate dentro de casa

Águia empata com o Treze: 2X2
Águia empata com o Treze: 2X2

Águia de Marabá e Treze entraram em campo com objetivo de chegar no G4 jogando no Estádio Zinho de Oliveira, em Marabá. O Águia conseguiu abrir vantagem marcando 2X0 no primeiro tempo, mas o Galo da Borborema reagiu e empatou no segundo tempo.

O Azulão de Marabá tentava sair da marcação paraibana, mas ficava preso na do entre os defensores do Treze. O Águia produziu uma boa oportunidade aos 12 minutos.  Luiz Fernando lançou para Bernardo, mas a bola passou por toda a extensão da área do Treze e se perdeu pela linha de fundo. O Galo respondeu com perigo: após cobrança de falta de Charles Wagner, o zagueiro Negretti subiu mais que a zaga do Águia e cabeceou com força. A bola explodiu no travessão e foi para linha de fundo. Apesar do forte calor, as duas equipes seguiam tentando mexer no placar. E foi o Alvinegro paraibano que quase conseguiu marcar. Após vacilo da zaga do Águia, Jailson invadiu a área e bateu no cantinho. Bruno Colaço se esticou todo e evitou o gol do time paraibano, aos 27 minutos. Na jogada realizadas pelos flancos o time paraense leva vantagem, pois os laterais do galo avançavam. Foi justamente pelas laterais que o Águia chegava tanto pela direita quanto pela esquerda, assim nasceu o primeiro gol, aos 39 minutos do primeiro tempo, Leonardy cruzou na área, Aleílson escorou para valdanes concluir para dentro das redes, 1X0. Não demorou e aos 45 minutos Gilmar entrou pelo meio e deixou Valdanes cara-cara com o goleiro Gilson que tentou tirar do seu adversário, houve a defesa e Aleílson aproveitou o rebote e chutou para marcar o segundo gol aguiano.

Na volta do intervalo, o Treze, que pouco tinha criado até então, chegou ao gol aos sete minutos. Jonatas Belusso aproveitou cruzamento de Fernandes, dominou e chutou forte para diminuir o placar. Foi o quarto gol de Belusso na competição. Depois de sofrer o gol, o técnico uruguaio Dario Pereira mexeu no time. Ele tirou o meia Luiz Fernando para entrada do atacante Danilo Galvão. No Galo, Givanildo Oliveira também fez uma mudança: o estreante Fábio Luis em lugar de Jailson. Com as modificações, o jogo ficou ainda mais movimentado. O Águia procurando ampliar o marcador. Do lado dos galistas, a intenção era buscar incessantemente o gol de empate, que acabou saindo aos 23 minutos. Clébson recebeu da entrada da área e chutou. O goleiro Bruno Colaço, que tinha feito boas defesas, desta vez falhou e foi buscar a bola no fundo da sua rede. Animado, o Galo quase virou o placar com Clébson. O meia encheu o pé, mas Bruno se redimiu e fez uma grande defesa, aos 41 minutos. O Águia teve Danilo expulso no finalzinho da partida, mas o empate já estava decretado. Final de jogo em Marabá: Águia 2 x 2 Treze.

Tanto Águia quanto Treze tiveram chances de chegar ao terceiro gol. Pior para o Águia, que além do tropeço, ainda teve o jogador Danilo Galvão expulso de campo, no dia em que o jogador realizava a sua reestreia na equipe marabaense.

Na próxima rodada, o Treze-PB recebe em casa o Crac-GO enquanto que o Águia joga fora de casa, contra o ASA-AL. Ambos os jogos serão no próximo domingo (25).

FICHA TÉCNICA:

ÁGUIA: Bruno Colaço; Leonardy, Emerson, Joécio e Bernardo; Reinaldo, Felipe Baiano, Luiz Fernando (Danilo Galvão) e Gilmar (Eduardinho); Valdanes e Aleilson.

Técnico: Dario Pereira

TREZE: Gilson; Birungueta, Pitti, Negretti e Fernandes (Técio); Charles Wagner, Sapé, Clebson e Douglas Packer; Jailson (Fábio Luis) e Jonas Belusso.

Técnico: Givanildo Oliveira

Árbitro: Arnildo dos Santos (RO)

Assistentes: Márcia Caetano e Valdebrânio Silva (RO).

Cartões Amarelos: Danilo Galvão e Leonardy (AGUIA); Pitti e Douglas Parker (TREZE)

Cartão Vermelho: Danilo Galvão (AGUIA)

Local: estádio Zinho Oliveira, Marabá (PA).